Notícias

Copa das Confederações deverá impulsionar arrecadação de julho, diz secretário da Receita

Postado por admin em 26/jun/2013 3:05

A Copa das Confederações deverá trazer impacto positivo na arrecadação federal, disse ontem (24) o secretário da Receita Federal, Carlos Alberto Barreto. De acordo com ele, o crescimento do consumo de bebidas e da movimentação do comércio proporcionado pelo torneio deverá refletir-se na arrecadação de Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI), do Programa de Integração Social (PIS) e da Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social (Cofins).

A alta do consumo, no entanto, só chegará aos cofres do governo em julho. Isso porque os impostos são recolhidos com base no fato gerador ocorrido no mês anterior. “Se houver crescimento do consumo pela atividade, o recolhimento ocorrerá no mês de julho”, disse Barreto ao comentar os dados da arrecadação federal em maio.

O secretário também citou as festas de São João como fator que elevará a arrecadação no próximo mês. Ele não apresentou estimativas. Disse apenas que o IPI e o PIS e a Cofins são os tributos que mais incidem sobre as bebidas, cujo consumo aumenta em épocas de festa.

Texto confeccionado por: Wellton Máximo

 

ok